Maha Sivaratri

Saiba o que é o Maha Shivaratri e a importância do Deus Shiva na cultura hindú

Maha Shivaratri é um festival hindu celebrado antes da chegada da primavera que marca a “Grande Noite de Shiva”. É um feriado importante no hinduísmo, uma lembrança solene da superação da escuridão e da ignorância. A data de Maha Shivaratri muda todos os anos porque está relacionada com o calendário lunar hindú. No ano de 2019 por exemplo, caiu na data de 04/03/2019.

Shiva é pura consciência. Conhecido como o Senhor da Destruição. Ele defende a dissolução da mente, que é exatamente o que precisamos para que o Amor puro desperte dentro do coração. Através de Sua Graça, Shiva destrói nosso orgulho e ego para que a bhakti possa crescer em nossos corações e possamos nos elevar para alcançar os Pés de Lótus do Senhor Narayana.

“Shivaratri é quando você esquece sua mente e deixa sua mente habitar apenas no Divino. Isso é o que Shivaratri é – é elevar você e realmente despertar o que está dentro de você”. (Paramahamsa Sri Swami Vishwananda).

 

Nos dias que antecedem o feriado, as pessoas enchem as ruas ao redor do templo e há vendedores que vendem pó para tika (marca na testa) vermelho (como o kumkum) ou contas sagradas Rudraksha). O dia do feriado há um desfile militar para homenagear o Senhor Shiva também.
Ao contrário da maioria dos festivais hindus que acontecem durante o dia, o Maha Shivaratri é celebrado à noite.

Há todas as vigílias noturnas e orações representando a capacidade de Shiva de superar a escuridão e a ignorância. Muitos passam a noite ao redor do templo, acendendo fogueiras sagradas, cantando louvores ao Senhor Shiva e mantendo a vigilância para receber sua descida à Terra. Neste dia auspicioso, os Shiva Mantras devocionais são cantados para adorar o Senhor.

Festival Shivaratri
Festival Shivaratri

“Esquecendo-se de nós mesmos e ficando acordados a noite toda, adorando e cantando as glórias de Deus, o Senhor Shiva nos ajuda a permanecer focados, quebrar os padrões da mente e superar as tentações de Maya que nos impedem de perceber a Deus.”

Tradições e costumes do Festival Shivaratri
Várias tradições e costumes relacionados ao Shivaratri Festival são respeitosamente seguidos pelos adoradores do Senhor Shiva. Os devotos observam um jejum estrito em honra a Shiva, embora muitos façam uma dieta de frutas e leite, alguns não consomem nem mesmo uma gota de água. Os devotos acreditam firmemente que a adoração sincera do Senhor Shiva no dia auspicioso de Shivaratri, absolve uma pessoa de pecados e libera-o do ciclo de nascimento e morte.

Festival Shivaratri
Festival Shivaratri

O Shivaratri é considerado especialmente auspicioso para as mulheres. Enquanto as mulheres casadas rezam pelo bem estar de seus maridos, as mulheres solteiras rezam por um marido como o Senhor Shiva, que é considerado o marido ideal.

Para marcar o festival de Shivratri, os devotos acordam cedo e tomam um banho com rituais, preferencialmente no rio Ganga. Depois de usar roupas novas e frescas, os devotos visitam o templo de Shiva mais próximo para dar “banho” ao Shiva Lingum com leite, mel, água, etc.

shiva lingam
shiva lingam

No Shivaratri, a adoração ao Senhor Shiva continua durante todo o dia e a noite. A cada três horas sacerdotes realizam o Pooja do Lingam Shiva banhando-o com leite, iogurte, mel, manteiga, açúcar e água em meio ao cantar do “Om Namah Shivaya” e toque dos sinos do templo. Vigília noturna ou jaagran também é observada nos templos de Shiva, onde grande número de devotos passam a noite cantando hinos e canções devocionais em louvor ao Senhor Shiva. É somente na manhã seguinte que o devoto quebra seu jejum participando do prasadam* oferecido à divindade.

 

 

 

 

Lendas de Mahashivratri
Existem várias lendas interessantes relacionadas ao festival de Maha Shivaratri. De acordo com uma das lendas mais populares, Shivaratri marca o dia do casamento do Senhor Shiva e sua consorte, Parvati. Alguns acreditam que foi na auspiciosa noite de Shivaratri que o Senhor Shiva realizou a ‘Tandava’, a dança cósmica da criação primordial, preservação e destruição, onde o Deus hindú ganha o nome de Shiva Nataraja.

 

*Prasadam: o processo de oferecer o alimento a um Deus hindú, torna-o prasadam, ou alimento espiritual. A oferenda do alimento ao Senhor é parte de um processo de devoção que ajuda o praticante a restabelecer sua relação amorosa e pessoal com Deus.
Essa comida oferecida a uma divindade recebe o nome de prasadam, que é uma palavra sânscrita, e que significa “misericórdia do Senhor”. Com esta atividade, os hindús acreditam que os sentidos se espiritualizam e começam a ser atraídos naturalmente pelos prazeres divinos, que superam enormemente qualquer experiência material.

………………..

 

Fonte (imagens):

Foto1: IBTimes

Foto2: Maha Shivaratri in Mauritius: Pilgrims at Ganga Talao. (Photo: Melisa)

Foto3: Yogashaastra Blog

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *