Ghee manteiga clarificada

Conheça tudo sobre a Manteiga Ghee, o Ouro líquido do Ayurveda

Ghee – O Ouro líquido Ayurvédico

Ghee, (ou manteiga clarificada) tem sido usado na Índia por milhares de anos. O Ayurveda o considera um Rasayana , um alimento que promove o rejuvenescimento e a longevidade, e o primeiro e mais completo alimento do planeta. Como no Ghee a lactose e outros sólidos do leite são removidos no processo, ele é adequado para pessoas com intolerância à lactose.

De acordo com a Ayurveda, o Ghee tem os benefícios curativos da manteiga sem as impurezas. Aprenda como ele pode combater a inflamação, promover a flexibilidade, melhorar a digestão, fortalecer o sistema imunológico e muito mais.

Ghee na literatura clássica e moderna

Na Índia, o Ghee é um símbolo sagrado de auspiciosidade, usado medicinalmente e também na culinária. Também aparece em textos antigos, incluindo o Mahabharata, no qual é descrito como uma “essência fluindo e sustentando o mundo”.

Sushruta Samhita, um clássico ayurvédico, afirma também que o Ghee é benéfico para todo o corpo e o recomenda como o remédio definitivo para problemas decorrentes do Pita dosha , como a inflamação.

Tradicionalmente, a preparação tem sido usada para promover a memória, inteligência, quantidade e qualidade do sêmen e para melhorar a digestão. A ciência moderna nos diz que o Ghee também contém antioxidantes fenólicos, que fortalecem o sistema imunológico.

“Durante séculos, o Ghee foi considerado um “Rasayana“, que significa um alimento curativo que equilibra o corpo e a mente”, diz Knittel Shubhra Krishan, autora do livro Essential Ayurveda.

Ainda melhor do que o Ghee é o Ghee envelhecido – até 100 anos – que trata o alcoolismo, epilepsia, febre e dores vaginais, de acordo com o médico ayurvédico Robert Svoboda. Há também o Ghee medicamentoso (“ghrita” em sânscrito) que combina manteiga clarificada com ervas medicinais.

Os benefícios do Ghee também se estendem ao uso tópico. A especialista em beleza ayurvédica Pratima Raichur sugere-o como uma base de massagem para acalmar a pele sensível do tipo pitta. The Indian Materia Medica, um livro fonte amplamente respeitado de remédios ayurvédicos, recomenda Ghee, às vezes misturado com mel, como um aplicativo para feridas, inflamação e bolhas.

E o Ghee tem a ciência a seu lado. “A maioria das enzimas digestivas é solúvel em gordura e seu precursor é a gordura”, disse Jay Apte, do Ayurvedic Institute of America em Foster City, Califórnia. “Como o ghee é 100% gordura pura, ele estimula essas enzimas, permitindo que o alimento seja decomposto com mais eficiência.” Com base nessa ideia, os praticantes ayurvédicos costumam usar o ghee como base em suas formulações à base de ervas. Por exemplo, a preparação pancha pikta ghrita combina cinco ervas amargas com ghee, a fim de aplicar de forma rápida e uniforme a cura à base de ervas profundamente nas paredes celulares baseadas em lipídios do corpo. Ghee pode ajudar a proteger essas células também.

O Ghee também contém vitamina E e beta-caroteno, que são antioxidantes conhecidos.

 

Benefícios do Ghee

  • Considerado como Rasayana , porque apoia o funcionamento do cérebro e promove todos os três aspectos da mente: aprendizagem, memória e evocação.
  • Aumenta a imunidade e a energia vital (Ojas).
  • A quantidade adequada aumenta o Agni (fogo da digestão), mas muito Ghee tem o efeito oposto. Em geral, você pode comer uma colher de chá duas vezes ao dia. Como o Ghee é mais saboroso do que outros óleos de cozinha, um pouco já ajuda muito.
  • Ajuda a reduzir o excesso de ácido estomacal e a manter / reparar o revestimento mucoso do estômago.
  • Aumenta o sabor dos alimentos, aumenta a absorção de nutrientes e pacifica todos os três doshas, especialmente Vata e Pitta.
  • Ghee é a gordura mais facilmente digerível e contém vitaminas A e E e atua como antioxidante.
  • Ajuda a mobilizar gorduras de áreas de gordura teimosas do corpo.
  • O Ghee com moderação aumenta o colesterol bom, HDL, necessário para lubrificar os tecidos e nutrir os ossos e a cartilagem. Não tome/use mais do que três colheres de chá por dia.

Como consumir a Manteiga Ghee e como fazê-lo

Ghee tem um alto ponto de fumaça, o que significa que pode ser cozido em altas temperaturas sem queimar.

Se você é novo consumidor de Ghee ou está pensando em como incorporar Ghee em sua vida diária, saiba que ele pode ser usado como substituto da manteiga ou do óleo em qualquer prato. Pode ser usado para refogar vegetais ou pode ser adicionado a sopas de lentilha, ensopados e arroz para aumentar o sabor e a textura de um prato. Algumas ótimas opções de refeições para adicionar Ghee podem ser creme de trigo, aveia, mingau, pratos de arroz, kichari, refogados em geral, pratos de caçarola, pratos de quinoa, sopas e torradas. Ghee vai muito bem com uso de especiarias, para dar ainda mais sabor e digestibilidade aos pratos (além de delicioso gostinho de comida indiana).

Use com moderação sempre.

Quando o Ghee é usado incorretamente, ele se torna prejudicial ao sistema. Portanto, uma quantidade geral recomendada de Ghee é de cerca de 1 ½ colher de chá por refeição. Normalmente, após o consumo do Ghee, é bom ter uma bebida quente, como água morna, chás, infusões de ervas digestivas que goste. Também é importante garantir que haja uma boa saúde digestiva antes de começar a usar Ghee.

Como fazer o Ghee em casa

Você encontrará ghee em lojas de alimentos naturais, mas é fácil de fazer.

manteiga Ghee

Receita: Ghee autêntico pode ser feito em casa usando um método tradicional:

Derreta 1 quilo de manteiga sem sal (se puder, orgânica) em uma panela em fogo bem baixo (dê preferência a panela de fundo grosso, como as de inox). Continue a aquecer a manteiga até ferver suavemente e a espuma amarelada subir à superfície. Deixe o Ghee cozinhar suavemente até que a espuma engrosse e assente no fundo da panela como sedimento (o segredo é ficar perto acompanhando todo o processo). Quando a manteiga ficar clara na superfície e os sedimentos ao fundo da panela dourarem, desligue o fogo e retire a panela do fogo. Deixe descansar por 15 minutos. Por fim, passe o conteúdo por uma peneira finíssima (trama bem fechada) para uma jarra, deixando o resíduo no fundo da panela. Você também pode coar com algum tecido fino especial que já use para fins culinários.

Ghee é melhor armazenado em temperatura ambiente e parece melhorar com a idade, como o vinho fino. Uma dica preciosa para durabilidade, evitando mofo na sua preciosa manteiga clarificada, é sempre usar uma colher limpa ao retirar o Ghee do pote para cozinhar.

 

Manteiga Ghee engorda?

(esse trecho do post tem autoria de: Alina Islam – Profissional de Nutrição Certificada (CNP) baseada em Toronto, Canadá. Ela é palestrante, escritora e fornece serviços de consultoria nutricional para clientes locais e internacionais.)

Se comido em excesso, sim. Dito isso, mesmo que você coma em excesso outros alimentos saudáveis ​​como abacates ou nozes, o mesmo acontecerá porque são ricos em calorias. Uma colher de sopa de Ghee tem 112 calorias, portanto, se você estiver comendo colheradas passando em um roti ou paratha (pães típicos da Índia), definitivamente não ajudará na sua cintura. 🙂

Claro, temos que lembrar que, no contexto do problema geral da obesidade no mundo, o consumo excessivo de Ghee é uma parte minúscula do problema. Se você está preocupado em manter a cintura, tudo se resume a seguir o básico, que inclui reduzir as “junk food”, frituras e doces, comer com moderação, fazer exercícios com mais frequência e incluir frutas e vegetais em sua dieta diária.

Não deveríamos todos mudar para alternativas mais saudáveis, como óleo vegetal?
Em primeiro lugar, as imagens nas embalagens de óleo vegetal enganam. Não tenho ideia de como os profissionais de marketing conseguem mostrar imagens de tomates, cebolas, pimentões e folhas de alface nas embalagens!

Garanto a você, nenhuma quantidade de alface espremida resultará em óleo. O óleo vegetal é tipicamente uma mistura de óleos extraídos de colza (canola), soja, milho, girassol e cártamo.

Em segundo lugar, vamos dar uma aula rápida de ciências! Existem dois tipos de gorduras: insaturadas e saturadas.

As gorduras insaturadas, como as encontradas nos óleos vegetais, possuem duplas ligações em sua estrutura química, o que significa que são mais fluidas, móveis e tornam o sangue menos “pegajoso”.

Já as gorduras saturadas – encontradas no Ghee – não têm ligações duplas, o que as torna mais rígidas e o sangue mais espesso.

Essa é a razão pela qual fomos ensinados a comer mais do primeiro e menos do último, embora ambos sejam cruciais para a saúde.

O que a maioria das pessoas não percebe, no entanto, é que, devido à natureza das gorduras insaturadas, elas também são muito mais instáveis, frágeis e sujeitas a danos de alta temperatura e luz devido aos seus baixos pontos de fumaça (ou queima).

Portanto, quando usamos gorduras insaturadas para cozinhar ou fritar em fogo alto, estamos comendo óleo que ficou rançoso e, na verdade, é prejudicial à nossa saúde geral! Para piorar a situação, óleos como canola ou milho são altamente refinados, o que significa que passam por muitos processos, como extração em alta temperatura com produtos químicos, antes de serem colocados na prateleira. 🙁

Na época em que foram lançados, produtos novinhos em folha, como óleos vegetais e a margarina, eram simplesmente uma grande oportunidade de mercado! Eram mais baratos, tinham vida útil mais longa e podiam ser comercializados de forma enganosa para o consumidor “preocupado com a saúde”.

Resumindo: fique à vontade para pegar aquele pote de Ghee reservado para ocasiões especiais e usá-lo para cozinhar suas refeições diárias. Mas, cuidado, tente usar um pouco menos do que temos vontade. 🙂

 

Contraindicações do Ghee

Evite Ghee se estiver com níveis elevados de colesterol, triglicérides ou açúcar no sangue.

O Ghee não é algo que você possa consumir em excesso, especialmente se você tiver problemas de peso ou colesterol. “Precisamos de gordura em pequenas quantidades para nos mantermos saudáveis, e os médicos ayurvédicos recomendam consumir Ghee em quantidades muito pequenas”, explica Shubhra Krishan, que acrescenta uma a duas colheres de chá por dia às suas refeições.

Sempre consulte um médico ou terapeuta ayurvédico antes de usar Ghee como terapêutica.

…………………………………………………………

VEJA AQUI ONDE COMPRAR GHEE